ARQUITETURA DE QUÊ?

by

prof. ms. josé arthur

A arquitetura de computadores é a teoria por detrás do desenho de um computador. Da mesma maneira que um arquiteto de edifícios define os princípios e os objetivos de um projeto de edificação como base dos projetos do projetista, assim também um arquiteto de computadores o faz, definindo a base das especificações do desenho do sistema. A Arquitetura de computadores pode também ser definida como a estrutura e a organização dos hardwares e se refere ao funcionamento interno do computador, como está organizada e arranjada a parte não vista pelo usuário de computador.” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Arquitectura_de_computadores)

Considerando que a fonte da Wikipedia são os próprios internautas, as palavras acima até nos fazem pensar. Deste modo, eu, dias antes, me peguei pensando nisso. Arquitetura de computadores (computer architecture), uma disciplina muito importante nos currículos de cursos afins, e que possui o aspecto paradigmático que falta na compreensão das pessoas comuns sobre nossa Arquitetura oficial, isto é, da Arquitetura de Edificações, de Espaços e de Cidades. Ou seja, num trocadilho com a assertiva acima, quando é que o mundo vai entender Arquitetura como “a teoria por detrás do [simples] desenho” ou “a estrutura e a organização dos [espaços, edifícios]… e se refere ao funcionamento interno do [espaço, edifício]…”?

Até parece que quando se fala em arquitetura dos automóveis, dos navios ou dos aviões, fica fácil para o cidadão comum entender que arquitetura é teoria, princípios, procedimentos. Agora, quando se fala em arquitetura da casa, as pessoas logo vão achando que é ornamento, penduricalho, telhadinho e puxadinho… É dose! Temos um trabalho imenso junto a sociedade, quando pensamos que vamos apenas projetar e construir, temos que mostrar o que realmente é arquitetura até para o bispo, isto é,como está organizada e arranjada a parte não vista pelo usuário…”, o espaço, este ser etéreo e arquitetônico!

Anúncios

Tags:

3 Respostas to “ARQUITETURA DE QUÊ?”

  1. Marcelo Becker Says:

    Eu acho que uma grande parte dos arquitetos acaba trabalhando no sistema “ornamento, penduricalho, telhadinho e puxadinho”, como consequencia disso, assim é vista a arquitetura.

    Algo que me conforta, é que com a onda de colocar, neon, luzes pisca pisca e o diabo a quatro nos computadores, logo logo, arquitetura de computadores vai ser entendido como algo assim, ó…

    Hahahaha

  2. Guilherme Osterkamp Says:

    Bah, legal! Já tem tunning em carro, computador… Porque não fazer na tua casa! escritório! ou qualquer edificação que quiser!
    =D

  3. prof arthur Says:

    pois é meus caros, é bem por aí, mas isso (neon e luzes) não é arquitetura (nem em computadores) e sim, quando muito, objetos anexados na ‘arquitetura’ ou na ‘não arquitetura’… as pessoas tem que parar com essa mania de achar que arquitetura é um objeto… Tomara, os arquitetos vindouros, conforme disse Louis Kahn, entendam que arquitetura é um procedimento mental e espiritual [que nos leva ao projeto, e somente depois ao objeto] ;-D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: