Escaiola: um luxo!

by

 Prof. Ms. Alessandra Brito

Escaiola é um revestimento interno que foi muito utilizado desde o período Romano. No Brasil, foi executado até o início do século XX. A literatura especializada define escaiola como um revestimento feito com uma massa de gesso, cola animal e pigmento. Entretanto, com o passar do tempo, este termo foi sendo generalizado, tanto no Brasil como na Europa, para todos os revestimentos que imitam o mármore ou pedras ornamentais. No Brasil, feitos de argamassa de cal e pó de mármore, são representados de duas formas: se a pintura é posterior, a fresco e com pigmentos inorgânicos naturais, chama-se stucco lustro; se recebe este mesmo pigmento na argamassa, stucco marmo. Com a industrialização, surgimento do cimento, popularização dos azulejos e das tintas acrílicas, a escaiola começou a entrar em desuso e hoje poucas pessoas obtêm o conhecimento executivo desta técnica, que era realizada por verdadeiros artesãos.

Fábio Galli é um dos restauradores que recuperou o saber fazer da escaiola. Atua na área de restauração desde 2003, principalmente na cidade de Pelotas/RS e nos abrilhantou neste último sábado, dia 12 de junho, com seu conhecimento e entusiasmo pela conservação do patrimônio histórico. Durante o dia tivemos a oportunidade de aprender os conceitos teóricos e também praticar um pouco. Tivemos a participação de convidados externos da ASAEC e ACOR/RS, que também nos prestigiaram nesta atividade, patrocinada pelo Mãos à Obra, no Curso de Conservação e Restauro – ênfase em argamassa de cal e pigmentos naturais.

Fotos:

DSC06238

DSC06260

Escaiola1

Escaiola2

Escaiola3 

Escaiola4

Anúncios

Tags: , ,

7 Respostas to “Escaiola: um luxo!”

  1. Marcia Angela Soza Says:

    Fabio, participei do curso do dia 12 de Junho, sou restauradora e tenho projeto de trabalho em escaiola, ja realizei a parte cromatica, mas agora vou fazer desde o reboco, tenho algumas anotações do curso, mas gostaria de receber o CD com maiores detalhes para que fique UM LUXO! o resultado.
    Abraço, Marcinha

  2. Alessandra Brito Says:

    Márcia,
    Por favor entre em contato comigo via e-mail (abrito@feevale.br) para eu te passar o contato do Fabio Galli.
    Att
    Alessandra

  3. Doris dos Santos Says:

    Parecia uma técnica perdida, mas vejo com satisfação que ainda é possível ser utilizada. Minha pergunta é: será mais barato cobrir paredes com escaiola do que com cerâmica? E para banheiros é aconselhável?

  4. Anderson de Paula Says:

    Sou construtor e noto que muitos acabamentos modernos não tem a beleza como a Escaiola>

  5. Flavio F. Guerra Says:

    Amigos, boa noite.
    Há anos venho tentando aprender como fazer escayola. Meu pai trabalhou como pedreiro em PELOTAS desde 1938 até 1988, aprendeu esta técnica de revestimento com seu mestre, o Sr NICOLAU CUNHA . Por alguns anos, quando adolescente, ajudei-o tanto na preparação quanto no acabamento da escayola mas não guardo na memória a arte de como fazê-la, desde o início até o final. Hoje com 64 anos, tanto por saudades do meu velho quanto por admiração àquela técnica, busco um Curso ou Alguém que me possa ensinar . Se alguém souber e estiver disposto a indicar-me a pessoa agradeceria imensamente desde já. Flávio F. Guerra (53) 9164-6464 – 1tenguerra@gmail.com

  6. adir vianna corrêa Says:

    muito bom

  7. NORMA CARDINS Says:

    FANTÁSTICO ,ESSA É UMA TÉCNICA QUE DEVERIA SE PRESERVAR .ESSE CURSO TERIA QUE SER DIVULGADO PARA QUE MUITOS RESTAURADORES PUDESSEM APRENDER E REPASSAR PARA NOVOS MESTRES.PARABÉNS DE CORAÇÃO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: