Base de dados geoespacial de Novo Hamburgo

por Prof. Geisa Bugs

Mesmo sendo o componente mais importante dos SIG (Sistemas de Informação Geográfica), a realidade mostra que, no Brasil, via de regra, a base de dados ainda está sendo construída e, quando existe, há problemas com relação à disponibilização destes dados. E não se pode falar em utilizar os SIG sem ter à disposição uma base de dados. A fim de incentivar a utilização dos SIG e difundir suas capacidades para aplicações no planejamento e na gestão urbana e ambiental, o Laboratório de Geoprocessamento do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Feevale está produzindo, desde 2015, através da atuação da Prof. Geisa Bugs e da Acad. Fernanda Linck, uma base de dados geoespacial do município de Novo Hamburgo/RS.

Para tal, coletou-se dados principalmente junto a base cadastral da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo – PMNH. Esta base é majoritariamente do tipo vetorial, contendo pontos, linhas e polígonos, que representam feições da superfície territorial. Os dados foram organizados para confecção de uma base de dados em conformidade com especificações técnicas. A metodologia de trabalho incluiu: organização e ajustes do desenho (vetorial) para conversão do arquivo CAD fornecido pela PMNH; e manipulação em software SIG – incluindo a atualização de informações na base de dados tabular (dados alfanuméricos como por exemplo o nome de escolas).

Além disso, também foram manipulados dados do Censo de 2010 do IBGE. Realizou-se a ligação da malha digital dos setores censitários do município de Novo Hamburgo com os arquivos básico – que contém os códigos e nomes das subdivisões geográficas e a informação básica do cadastro (ex.: nº de moradores), e domicilio – que fornece informações sobre características dos domicílios (ex.: domicílios com lixo coletado).

Agora, com muita satisfação, os resultados obtidos até o momento estão sendo disponibilizados aqui para toda a comunidade acadêmica e demais interessados. São arquivos do tipo shapefile (suportado por softwares de SIG) e .dxf (suportado por softwares de CAD), separados em 6 grupos temáticos:

  • Limites – do município, bairros, zonas urbana e rural;
  • Sistema viário – eixos dos logradouros;
  • Equipamentos urbanos – praças e educação;
  • Regime urbanístico e plano diretor – macrozoneamento, setorização e áreas especiais;
  • Dados censitários – variáveis do Censo do IBGE de 2010 dos arquivos básico e domicílio;
  • Topografia – curvas de nível de 5 em 5 metros.

CLIQUE AQUI E ACESSE OS DADOS DISPONÍVEIS

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: